Concursos públicos principais bancas

A banca organizadora de um concurso público é a instituição responsável pela organização e realização de todo o processo envolvido pelo mesmo, desde a elaboração das provas, o recebimento e processamento das inscrições, a aplicação e correção da prova, a divulgação dos resultados etc.

concursos públicos

Sendo assim, é importante para o concurseiro, não apenas conhecer a prova do cargo que está prestando, mas também conhecer a banca organizadora responsável por essa prova. Isso porque cada banca tem suas próprias características, seu próprio estilo. Conhecer o estilo de prova de uma banca permite que você saiba não apenas os conteúdos mais pedidos pelas bancas, mas também o tipo de questão e a dificuldade da prova. E com isso, você está um passo a frente dos outros concorrentes.

 Nesse texto você irá conhecer as principais bancas organizadoras do Brasil. Mas antes de começar é importante ressaltar que a maioria das bancas trabalha com questões alternativas, na qual o candidato deve assinalar uma única resposta. Em algumas provas as questões seguem um modelo diferente, mas isso está fortemente relacionado ao cargo pretendido, por exemplo, em algumas provas podem ser cobradas questões dissertativas, mas normalmente isso ocorre em provas para concursos bastante concorridos, com salários mais altos e cargos importantes.

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Essa banca organizadora é conhecida por trazer sempre questões bastante objetivas e literais, ou seja, o concurseiro não precisa raciocinar muito para desenvolver a prova, e sim saber o conteúdo.

Ao realizar a prova é importante que o concurseiro leia com bastante atenção aos enunciados, pois a Fundação costuma trazer questões múltipla-escolha nas quais os candidatos devem assinalar a opção incorreta, o que pode prejudicar os mais desatentos, que procuram logo a alternativa correta.

Outro ponto interessante é que a Fundação repete questões de provas anteriores e, além disso, as respostas de algumas questões podem ser encontradas em outras questões da prova.

 Concurso Público Banca Organizadora Cesgranrio

De modo geral, essa banca é bastante parecida com a anterior. Na prova também são cobrados todos, ou quase todos os tópicos do edital e a matéria também é cobrada de maneira bem objetiva. Além disso, ela também é conhecida por usar questões repetidas.

A principal diferença entre as duas é que a Cesgranrio costuma apostar numa prova mais visual, com gráficos e imagens. Os enunciados não costumam ser longos e nem muito complexos. Outra particularidade é que na parte de atualidades, a prova conta com questões de acontecimentos recentes, muitas vezes retirados de veículos de informação bastante conhecidos.

 Fundação Getúlio Vargas

Essa banca é conhecida por ser bastante imprevisível e mudar sempre o estilo de suas provas, o que dificulta bastante a vida dos candidatos. O pouco que se pode dizer sobre ela é que normalmente os textos são longos e trazem questões multidisciplinares.

Como nas anteriores, recomenda-se que o candidato estude todos os itens do edital, pois a banca costuma distribuir todo o conteúdo nas questões. O diferencial aqui é que além do conteúdo do edital, as provas da FGV podem trazer também questões sobre o cotidiano do cargo pretendido, portanto é preciso conhecer bem o que se quer fazer.

Por último, convém destacar que ela é responsável pela elaboração das tão temidas provas da OAB.

 Vunesp

Essa banca, apesar de ser mais conhecida pela aplicação do vestibular da UNESP, também é responsável por vários concursos.

Suas provas não costumam ser consideradas muito difíceis, embora contenham algumas questões que podem ser consideradas complexas. As questões de português podem exigir bastante conhecimento em gramática, mas também capacidade de interpretação textual.

Nos últimos anos, essa banca tem mudado bastante o formato de suas provas na tentativa de dificultar a vida dos candidatos. No entanto, vale resolver provas anteriores para pelo menos se ter uma idéia de como o conteúdo poderá ser cobrado.

 Esaf

A Escola de Administração Fazendária é uma das duas bancas organizadoras mais temidas pelos concurseiros. Alguns dos motivos disso é que ela apresenta questões bastante complexas, tendo um grau de dificuldade bem maior do que as bancas citadas acima, além disso, as questões costumam ser multidisciplinares, ou seja, a banca costuma cobrar mais de um assunto por questão.

A boa notícia é que, diferente de outras, nem tudo que está no edital, cairá, necessariamente, na prova. Portanto, é importante consultar as provas anteriores para descobrir quais são os temas favoritos da banca.

 Cespe/UnB

Assim como a anterior, é uma das bancas mais difíceis e temidas. Novamente, traz questões complexas e multidisciplinares. As provas costumam ser longas e cansativas.

Como costuma realizar alguns dos concursos mais importantes do país, o diferencial dessa prova é justamente seu modelo. Para dificultar a vida do concurseiro, a banca adotou um modelo de prova bem diferente das outras, na qual a escolha de uma questão incorreta anula uma questão correta, o que faz com que seja melhor deixar em branco as questões que não se tem certeza da resposta.

Mais do que para todas as outras, quem quer passar num concurso dessa banca organizadora precisa estar preparado com o conteúdo em dia e bem treinado em relação a esse tipo específico de prova.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s